Contacto  

O que é a gastroenterite?

A gastroenterite é uma infeção inflamatória do estômago e dos intestinos cujos sintomas mais frequentes são a diarreia, náuseas, vómitos e dores abdominais.

la persona afectada seguirá siendo contagiosa 48 horas después de la desaparición de los síntomas

A gastroenterite é uma patologia altamente contagiosa e pode provocar autênticas epidemias no período de inverno.

É por vezes acompanhada por desidratação, febre e dor de cabeça. A sua origem poderá ser bacteriana, no caso de ter consumido água ou alimentos contaminados por bactérias, tais como colibacilos ou salmonelas. Nestes casos, frequentemente apelidados por intoxicação alimentar, os sintomas podem se dever mesmo assim a parasitas internos sobretudo por questões de falta de higiene.

Porém, na maioria dos casos, a gastroenterite é causada por vírus. O tempo de incubação situa-se entre 24 e 48 horas, e a doença desaparece, em geral, de modo espontâneo ao fim de alguns dias. Não obstante, a pessoa afetada continuará a contagiar durante 48 horas mesmo após o desaparecimento dos sintomas..

COMO PREVENIR A GASTROENTERITE?

Da mesma forma que qualquer outra infeção, o risco de contrair gastroenterite poderá ser minimizada aplicando algumas normas de higiene simples, mas eficazes. Nunca esquecer de lavar as mãos antes e depois de comer e ao sair da casa de banho. Lavar cuidadosamente a fruta e as verduras antes de as consumir. As intoxicações alimentares estão relacionadas com a absorção de alimentos contaminados por bactérias que colonizam a mucosa intestinal, bem como pelas suas toxinas. O marisco particularmente as ostras, a carne de vaca, a de aves, o leite não fervido e os ovos formam parte dos alimentos com os quais se deve ter mais cuidado. Nunca hesite em deitar fora alimentos sempre que tenha a menor suspeita sobre o seu estado de conservação. Lembre-se que as bactérias não resistem a altas temperaturas, por isso é sempre necessário cozinhar bem os alimentos sobretudo as carnes vermelhas e de aves.

Nas crianças pequenas, a gastroenterite faz parte das doenças quase inevitáveis principalmente se frequentarem creches ou centros pré-escolares.

ALGUNS CONSELHOS PARA CURAR A GASTROENTERITE

Na maioria dos casos, a recuperação é rápida e requere principalmente repouso e uma dieta adequada. Neste período deverá também tomar medidas para evitar o contágio a terceiros. Durante a recuperação, convém ter cuidados suplementares ao nível do sistema digestivo e beber bastante água. A desidratação representa, sem dúvida, um grande risco, pois pode provocar complicações, em particular, em crianças pequenas. A ingestão de alimentos deverá ser controlada na presença de vómitos ou dores abdominais. Deverá aguardar pela remissão dos sintomas, antes de reintroduzir progressivamente alimentos neutros, tais como o pão, a banana e o arroz. A maior parte das frutas, verduras, assim como as bebidas lácteas estão desaconselhadas neste período, poderá contudo ainda assim ingerir iogurtes, pois contém fermentos lácteos que protegem o intestino. A cenoura cozida também poderá constituir uma boa opção. Para compensar a perda de água e de eléctrodos deverá beber uma grande quantidade de líquidos ricos em sal e açúcar (por exemplo, caldos de verduras e chá com açúcar). Existem também soluções de reidratação á venda em farmácias. Em alternativa existem soluções que poderá preparar em casa, misturando seis colheres de chá de açúcar com uma colher de chá de sal num litro de água fervida. É importante esperar que a flora intestinal se restaure antes de recomeçar uma dieta normal.

ACALMAR OS SINTOMAS

Em caso de persistência dos sintomas, consulte o seu médico. As prescrições mais frequentes incluem antiespasmódicos uteis no alívio das dores abdominais e antieméticos eficazes no controlo do vómito. Os medicamentos para o controlo da diarreia deverão ser utilizadas só em casos de extrema necessidade, já que a mesma é um mecanismo natural de defesa para eliminar o vírus ou a bactéria que causadora da gastroenterite. Como alternativa poderá recorrer a um protector intestinal que retarde a evacuação e favoreça a cicatrização, ou a fermentos lácteos que ajudam a reconstituir a flora intestinal, ou ainda a carvão activado cujo poder adsorvente neutraliza algumas bactérias e toxinas.

Este inverno, resista às gastroenterites seguindo estes simples conselhos e vigiando a sua alimentação.

Dra. Gabrielle Cremer

A Dra. Gabrielle Cremer é uma especialista em farmacologia clínica, especialidade que estuda o desenvolvimento de novos medicamentos. É também autora de numerosas obras dedicadas à saúde, publicadas na editora Alpen.

Geolocalização de pontos de venda

Geolocalização de pontos de venda

Encontre os nossos produtos na farmácia mais perto de si.

Novidades dos produtos

Novidades dos produtos

Novidade : Arkofluido Alcachofra Forte

Ajuda a desintoxicar, a perder peso (Alcachofra) e no metabolismo dos lípidos (Mate).

Leer más...

Novidade : Arkocápsulas Pilosela

Arkocápsulas® Pilosela é um suplemento alimentar. A Pilosela contribui para a...

Leer más...

Novidade : Arkocápsulas Hamamélia

Arkocápsulas® Hamamélia é um suplemento alimentar. A Hamamélia contribui para a...

Leer más...
A ARKOPHARMA
comercializa
em Portugal mais de 150 Produtos de plantas medicinais para
a saúde e o bem estar
Todas as webs do grupo Arkopharma
Outros sites:
Arkopharma.comA Arkopharma está presente em mais de 60 países. Descubra aqui o site internacional. | www.arkopharma.com
O Grupo
Os nossos valores:
Os valores fundamentais do grupo Arkopharma são naturais e imutáveis e guiam as ações diárias, proporcionando uma base comum para todos os trabalhadores do grupo. Esses valores são partilhados com o compromisso de cumprimento no dia-a-dia. Os valores fundamentais do grupo Arkopharma são cinco. | Ler mais
Responsabilidade social:
A vocação dos Laboratórios Arkopharma é desenvolver acordos fortes e duradouros com os seus parceiros e posicionar-se como responsável no mercado de suplementos alimentares. | Ler mais
Certificações:
Com 35 anos de experiência no campo da medicina e dos suplementos à base de plantas, fica patente a vontade e o compromisso da Arkopharma com as normas e certificações de qualidade. | Ler mais
Investigação e desenvolvimento:
3% do volume de negócio do grupo Arkopharma é reinvestido em Investigação e Desenvolvimento. Arkopharma possui 1742 registos de Especialidades Farmacêuticas (AIM Autorização de Introdução no mercado). | Ler mais